Alvenaria x Drywall: como escolher?

Por GypCenter em

Veja as diferenças, vantagens e desvantagens de cada tipo de processo construtivo

Cada vez mais os processos de reforma e construção de casas e escritório ficam mais sofisticados, econômicos e práticos. Mas disso você já sabe, se não, pode encontrar muita coisa bacana sobre isso aqui no nosso blog, não vamos ficar falando mais do mesmo.

É chegada a hora da decisão. Mas qual deles escolher, afinal? Fique tranquilo, vamos te ajudar com esse post.

Primeiro faça uma breve análise da relação orçamento x tempo que isso já te dará alguma diretriz. Mas, aqui esclareceremos de uma vez por todas as verdades sobre alvenaria e drywall para que você possa escolher com tranquilidade.

Por que escolher Alvenaria?

A alvenaria é realizada com tijolos ou blocos de concreto assentados com argamassa, com aplicação de um reboco após a estrutura pronta.

Essas etapas demandam tempo para secagem, por isso essa técnica é mais demorada e gera uma quantidade de sujeira maior em comparação com as paredes de gesso.

Porém, essa construção é mais resistente aos impactos e é considerada principalmente quando se fala de paredes externas. Além disso, a mão de obra para realizar esse trabalho é mais fácil em comparação com os profissionais especializados.

Falando em custos, os materiais e a mão de obra são mais acessíveis, mas por ter um tempo mais prolongado e adicionando as despesas com limpeza de resíduos pesados, acaba gerando mais gastos.

E por que escolher Drywall?

A aplicação desta técnica é produzida com placas de gesso que se encaixam por meio de uma estrutura metálica.

Além de ser um tipo de obra prática e limpa, sem uso de argamassa, areia e cimento, o drywall fornece mais espaço para cômodos que seriam menores se feitos em alvenaria, ganhando em média cerca de 5 cm a cada parede construída.

Outra vantagem do drywall em relação a alvenaria é seu isolamento térmico, pois com ele você não tem mais aquela parede que durante a noite fica esquentando seu ambiente.

Optando pelo drywall, é recomendada a contratação de profissionais especializados neste processo, pois as paredes para terem uma boa rigidez e um bom acabamento precisa ser feita de acordo com os procedimentos da norma brasileira.

Mesmo que o custo do drywall possa parecer maior – e que muitas vezes já não acontece, quando você pensa no tempo de obra, naquela “sujeirada” cheia de lama e que depois sua parede ainda fica “embarrigada”, a sua tomada de decisão é muito mais fácil e rápida.

Na ponta do lápis, ao final das contas o projeto em alvenaria demanda mais gastos por precisar de mais etapas e reparos a serem feitos.

Conclusão

Já tomou a sua decisão?

VEJA AS OPÇÕES EM NOSSO SITE!

Categorias: DicasDrywall

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *